Bráulio Bessa

autor confirmado

Ainda pequeno, aos 14 anos e, tendo como principal fonte de inspiração a poesia de Patativa do Assaré, Bráulio Bessa, cearense natural de Alto Santo, também versava à sua maneira dos afetos e da vida no sertão.
Em 2012 com a criação de uma página na internet, sua poesia alçou voos distantes conseguindo ultrapassar a marca de 100 milhões de visualizações em seus vídeos. Semanalmente o poeta também é recepcionado pelas famílias brasileiras no programa de TV Encontro com Fátima Bernardes, do qual é Consultor de Cultura Nordestina e apresenta sob um olhar poético temas diversos. Disseminando sua poesia aos quatro cantos, Bráulio é considerado um dos maiores ativistas da cultura do nordeste brasileiro no mundo.

Jessier Quirino

autor confirmado

Paraibano de Campina Grande, o poeta, músico, arquiteto, declamador, Jessier Quirino é autodidata como instrumentalista e fez cursos de desenho artístico e desenho arquitetônico.
Na literatura, trabalha a prosa, a métrica e a rima. Chama a atenção do público e da crítica principalmente pela presença de palco, pela memória afiada e pelo varejo das histórias, indo da poesia matuta, impregnada de humor, neologismos, sarcasmo, amor e ódio, até causos, cantorias músicas, piadas e textos de “nordestinidade”.
Arquiteto por profissão, poeta por vocação e matuto por convicção, como ele mesmo se define, vive subindo nos palcos de todo país, para apresentar sua poesia declamada e os causos matutos.

Gregório Duvivier

autor confirmado

Gregório Duvivier é um ator, humorista, roteirista e escritor brasileiro. Ficou conhecido pelo seu trabalho no cinema e no teatro e, a partir de 2012, destacou-se como um dos criadores dos esquetes da série Porta dos Fundos.
É autor dos livros "A partir de amanhã eu juro que a vida vai ser agora", "Ligue os pontos - Poemas de amor e Big Bang" e "Put Some Farofa".

FML Pepper

autora confirmada

Autora da trilogia de sucesso Não Pare! publicada pela Editora Valentina e best-seller da Amazon.com, que alcançou o 1º lugar geral dentre 400.000 títulos na época de seu lançamento, e permaneceu dois anos consecutivos entre os 100 livros mais vendidos - top 3 de sua categoria - na Amazon Brasil.
Única brasileira escolhida pela Amazon americana para constar no “Women who make it happen” (Amazon.com - EUA) entre as 12 personalidades femininas do mundo que fizeram diferença na literatura em 2015.
Autora é pioneira no contrato híbrido no Brasil (contrato onde o autor tem os direitos sobre a versão digital e a editora controla a versão impressa).

Gustavo Lacombe

autor confirmado

Entre os novos autores vindos da Internet está Gustavo Lacombe. O carioca de 27 anos, formado em jornalismo pela UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), é autor de três livros e reúne mais de 250 mil seguidores em suas redes sociais.
Lacombe começou a compartilhar seus textos, crônicas e poesias em uma página de uma rede social, em 2011 e logo conquistou público. Desde então ele não parou mais de escrever, foi ganhando diversos fãs e seguidores que lhe deram impulso suficiente para a publicação de três livros: “Destino, Acaso ou Algo Mais Forte” (2014), “O Amor é Para os Raros” (2016) e “Depois da Meia Noite” (2017).

João Anzanello Carrascoza

autor confirmado

Escritor e professor universitário brasileiro. Nasceu em Cravinhos, interior de São Paulo, em 1962. Estreou-se com o livro Hotel Solidão. Publicou vários livros de contos, como Duas tardes, Espinhos e alfinetes, Amores mínimos, O volume do silêncio e Aquela água toda. Desde que saiu de Cravinhos, tem escrito livros de contos e novelas para o público infanto-juvenil, com os quais recebeu importantes prêmios. Suas histórias estão traduzidas no inglês, francês, italiano, sueco e espanhol. Participou de programas internacionais de escritores residentes, como a Ledig House (EUA) e o Château Lavigny (Suíça). Atualmente, além de continuar escrevendo sua obra literária, dedica-se à docência na USP e na ESPM.

Marcia Tiburi

autora confirmada

Marcia Tiburi é graduada em filosofia e artes e mestre e doutora em filosofia (UFRGS, 1999). Publicou diversos livros de filosofia, entre eles  “As Mulheres e a Filosofia” (Ed. Unisinos, 2002), Filosofia Cinza – a melancolia e o corpo nas dobras da escrita (Escritos, 2004); “Mulheres, Filosofia ou Coisas do Gênero” (EDUNISC, 2008), “Filosofia em Comum” (Ed. Record, 2008), “Filosofia Brincante” (Record, 2010), “Olho de Vidro” (Record 2011), “Filosofia Pop” (Ed. Bregantini, 2011) e Sociedade Fissurada (Record, 2013), Filosofia Prática, ética, vida cotidiana, vida virtual (Record, 2014). Publicou também romances: Magnólia (2005), A Mulher de Costas (2006) e O Manto (2009) e Era meu esse Rosto (Record, 2012). É autora ainda dos livros Diálogo/desenho (2010), Diálogo/dança (2011), Diálogo/Fotografia (2011) e Diálogo/Cinema (2013) e Diálogo/Educação (2014), todos publicados pela editora SENAC-SP. Em 2015 publicou Como Conversar com um fascista – Reflexões sobre o Cotidiano Autoritário Brasileiro (Record, 2015). É colunista da revista Cult.

Leonardo Villa-forte

autor confirmado

Nascido no Rio de Janeiro em 1985, Leonardo Villa-Forte graduou-se em Psicologia na UFRJ e é mestre em Literatura, Cultura e Contemporaneidade na PUC-Rio.
Trabalha como produtor editorial, tradutor e revisor freelancer, tendo várias traduções em seu currículo, como de livros de Neil Gaiman e Austin Kleon, além de preparação de originais de livros de Arnaldo Baptista, Evandro Mesquista e Gilberto Braga, entre outros. Leonardo ministra oficinas de remix literário, literatura e escrita em geral, e participou de eventos como FLUPP - Festa Literária das UPPs (mediador), Festival de Inverno do SESC (palestrante, professor e artista realizando exposição), Trança de Histórias no Centro Cultural da Justiça Federal (mediador), entre outros.

Luiz Sávio de Almeida

autor confirmado

Graduado em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade Federal de Alagoas (1965), mestre em Educação - Michigan State University (1973) e doutor em História pela Universidade Federal de Pernambuco (1995). Atualmente é adjunto da Universidade Federal de Alagoas. Tem experiência na área de História, com ênfase em História Regional do Brasil, atuando principalmente nos seguintes temas: história nordeste índio, história nordeste política, história nordeste política, história saúde e história política nordeste.

Angélica Rizzi

autora confirmada

Angélica Rizzi é escritora, compositora, jornalista e cantora e poeta visual. Possui 13 livros publicados em pouco mais de uma década de carreira. Natural de Estrela (RS), apresenta uma obra diversificada que abrange mais de um gênero literário (tem romance, poesia, conto e literatura infantil).
Em sua carreira musical, tem três CDs lançados "Águas de Chuva", "Angélica Rizzi à italiana" e "Se Somos Nós". Em mais de uma centena de shows realizados, Angélica mostra uma bem-sucedida combinação de música autoral, releituras e música italiana.

Alice Bowman

Ricardo Lísias

autor confirmado

Ricardo Lísias é um escritor brasileiro. Estreou na literatura em 1999, com o romance Cobertor de estrelas, que escreveu enquanto ainda cursava Letras na Unicamp.
Foi finalista do Prêmio Jabuti de 2008 com Anna O. e outras novelas (que incluía uma reedição dos textos Capuz e Dos nervos, publicados anteriormente em tiragem reduzida) e do Prêmio São Paulo de Literatura em 2010 com O livro dos mandarins.
Seu conto Tólia foi selecionado para a edição da revista inglesa Granta Os melhores jovens escritores brasileiros.

Dirceu Lindoso

autor confirmado

Cientista social, historiador, tradutor, romancista e poeta. Esse é Dirceu Lindoso, o alagoano que desde muito jovem aprendeu a gostar de história e a contar a sua versão dos acontecimentos. Considerado um dos mais conceituados intelectuais de Alagoas, Lindoso transita entre o mundo acadêmico e o literário. Como cientista social, tem diversas obras publicadas na área. Além dos ensaios e estudos científicos, também foi tradutor na época em que lecionou.
Na Literatura, o alagoano atua como romancista e poeta. Já publicou vários romances, entre eles, Póvoa-Mundo e Mar das Lajes, e ainda pretende publicar mais alguns nos próximos anos. Como poeta, publicou a obra Mínimas Coisas e a coletânea de poesias intitulada Poesia Una. Em 2016, lançou a obra 'Os Filhos de Ana Rosário', editada pela Imprensa Oficial Graciliano Ramos.

Maria Adélia Aparecida de Souza é uma geógrafa humana Brasileira da área de planejamento urbano e regional, professora titular da Universidade de São Paulo e considerada herdeira do trabalho de Milton Santos.
É autora da primeira Política Nacional de Desenvolvimento Urbano do Brasil, da Primeira Politica de Desenvolvimento Urbano do Estado de São Paulo e autora de diversos livros: A Identidade da Metrópole - A verticalização em São Paulo; Governo Urbano. É catedrática de Direitos Humanos da Universidade Católica de Lyon (França). Foi Prefeita da USP, Coordenadora da Ação Regional da Secretaria de Economia e Planejamento do estado de São Paulo, Chefe de gabinete do Reitor da USP e Pro-Reitora de Graduação da UNILA - Universidade da Integração Latinoamericana.
Alice Bowman

Mário Rodrigues

autor confirmado

Vencedor nacional do Prêmio Sesc de Literatura 2016, com o conto Receita para se fazer um monstro, o romance levou Mário Rodrigues a ser convidado para participar de debates sobre o livro em quatro países da Europa: França, Bélgica, Espanha e Portugal. O escritor é formado em Letras, pós-graduado em Língua Portuguesa e professor de Literatura.
Cresceu ouvindo os contos do pai, que toda noite contava histórias com enredos de aventura, Mário Rodrigues mescla elementos de escrita de grandes nomes grandes nomes da literatura brasileira e mundial, como Graciliano Ramos e o americano Cormac McCarthy, à cultura pop através de referências pontuadas no cotidiano de suas personagens. O autor, que escreve desde a adolescência, atualmente participa com outros escritores do jornal literário u-Carbureto.

Ronaldo Correia de Brito

autor confirmado

Ronaldo Correia de Brito é escritor e médico, nasceu em Saboeiro, Ceará, em 2 de julho de 1951.
Foi escritor residente da Universidade de Berkley (Califórnia), participou de diversos eventos internacionais, como a Feira do Livro de Bogotá, o Festival Internacional de Literatura de Buenos Aires, o Salon du Livre de Paris e a Feira do Livro de Frankfurt. Sua carreira artística envolve as mais diferentes linguagens, como literatura, teatro e música. São de sua autoria O baile do menino deus (teatro), Lua Cambará (disco), Faca (livro de contos), Galiléia (Prêmio São Paulo de Literatura), Estive lá fora (romance) e O amor das sombras (contos).

Dielson Vilela

autor confirmado

Dielson Vilela tem 28 anos e é natural de Recife/PE. É formando em Letras – Português/Inglês e Especialista em Metodologia da Tradução-Inglês. Atualmente, trabalha como coordenador e professor de inglês em um curso de idiomas. Leitor voraz, ele é apaixonado pelos mais diversos gêneros e títulos da literatura brasileira e internacional, além de ser amante de filmes, séries e música. Ávido pela escrita, iniciou seus trabalhos como autor de web, em um site de auto publicação. Sua primeira obra alcançou, em curto período, mais de 5 mil leitores, impulsionando-o a levar a trama para a publicação em papel: “O meu melhor amigo é gay”.

Luci Collin

autora confirmada

Escritora curitibana, tem 16 livros publicados, entre os quais Nossa senhora D’Aqui (romance), Querer Falar (poesia) e A árvore todas (contos). Graduada em Piano/Performance e Percussão clássica pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná, cursou Letras Português e Inglês pela Universidade Federal do Paraná (UFPR).
Mestre em Letras/Literaturas de Língua Inglesa na UFPR e doutora em Estudos Linguísticos e Literários em Inglês na Universidade de São Paulo, com pós-doutorado em Literatura Irlandesa na Universidade de São Paulo (USP).
Ao longo de mais de 30 anos de carreira, Luci Collin escreveu artigos e ensaios para diversos jornais e revistas literárias, participou de antologias nacionais, como Geração 90 – os transgressores e 25 mulheres que estão fazendo a literatura brasileira, e internacionais (EUA, Alemanha, França, Uruguai, Argentina, Peru e México). Representou o Brasil no Projeto Literário no EXPO 2000 em Hannover, Alemanha. Também traduziu autores como Gary Snyder, Gertrude Stein, E. E. Cummings, Eiléan Ní Chuilleanáin, Vachel Lindsay e Jerome Rothenberg, entre outros.

Marcelino Freire

autor confirmado

Escritor nascido em Sertânia, PE. Viveu no Recife e, desde 1991, reside em São Paulo.
É autor, entre outros, dos livros “Angu de Sangue” (Ateliê Editorial) e “Contos Negreiros” (Editora Record – Prêmio Jabuti 2006). Em 2004, idealizou e organizou a antologia de microcontos “Os Cem Menores Contos Brasileiros do Século” (Ateliê). Alguns de seus contos foram adaptados para teatro.
Participou de várias antologias no Brasil e no exterior. “Contos Negreiros” foi publicado em 2013 na Argentina, pela Editora Santiago Arcos e com tradução de Lucía Tennina, e no México, pela Librosampleados, com tradução de Armando Escobar.
Criou a Balada Literária, evento que, desde 2006, reúne escritores, nacionais e internacionais, pelo bairro paulistano da Vila Madalena.
É um dos integrantes do coletivo EDITH, pelo qual lançou, em julho de 2011, o livro de contos “Amar É Crime”. No final de 2013, publicou seu primeiro romance, intitulado “Nossos Ossos” (Record), publicado também na Argentina, pela editora Adriana Hidalgo, e na França, pela editora Anacaona, e com o qual ganhou o prêmio Machado de Assis 2014 de Melhor Romance pela Biblioteca Nacional. Coordena oficinas de criação literária desde o ano de 2003.

Alice Bowman

Sônia Rosa

autora confirmada

Sônia Rosa é uma professora, pedagoga e escritora brasileira voltada para a literatura infantil, com cerca de 40 livros publicados, dentre os quais destacam-se Amores de Artistas. Sônia se considera uma menina disfarçada de adulta e que tem um olhar apaixonado sobre a vida e as pessoas, afirma que escrever para crianças é uma forma de estar cada vez mais perto da pureza e autenticidade que elas exalam.
Seu livro Amores de Artistas recebeu em 1994 o selo de “Altamente Recomendável pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ) na categoria Criança. Em 2004, voltou a ser condecorada com seu segundo título de “Altamente Recomendável” com a Coleção Lembranças Africanas na categoria Informativo. Alguns de seus livros participam do programa Livros Animados do Canal Futura, na série “A Cor da Cultura”.

Myrna Maracajá

autora confirmada

A artista que escolheu Maracajá, nome de origem tupi que identifica uma espécie de gato selvagem natural da fauna brasileira, para designar sua visão de vida, nasceu na zona da mata de Pernambuco, em 1967. É artista visual e trabalha como ilustradora, tendo trabalhos para grandes editoras nacionais, como a Companhia das Letras e a Editora do Brasil. Myrna desenvolve a cultura da imaginação através da arte-educação, por meio da linguagem ilustrativa, a pintura, instalações, artes aplicadas e oficinas experimentais.
As obras da artista já foram expostas em capitais como Recife e São Paulo e tem grandes projetos feitos para agências, shoppings e centros culturais. Colaborou com a Folhinha, suplemento infantil do Jornal Folha de São Paulo, ilustrando poemas e contos de Adélia Prado, João Cabral de Melo Neto, Manuel Bandeira e Jesus de Paula Assis.